Clube de simulação da UFU busca a institucionalização

O grupo, que simula reuniões de organismos internacionais, funciona de forma
independente e é gerido apenas por alunos

Por Karen Muniz

O Clube de Simulação Osvaldo Aranha (CSOA), criado em 2014, pelo Diretório Acadêmico de Relações Internacionais (DARE), tenta desde seu início ser institucionalizado, mas ainda funciona sem o auxílio da UFU. O grupo realiza simulações de reuniões de organismos internacionais, como ONU (Organização das Nações Unidas), OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e UE (União Europeia).

Atualmente, o Clube conta com cerca de 70 participantes, de diversas graduações na UFU e realiza encontros três vezes ao mês em salas de aula ou auditórios. O grupo é responsável pela organização do UFUMUN, que é uma semana de atividades voltadas para a diplomacia, com debates, palestras e simulações. Esse evento recebe inscrições de clubes de simulação de várias outras universidades do país.

UFUMUN
5ª edição do Ufumun aconteceu em abril de 2017, organizado pelo CSOA. Fonte: Acervo do CSOA.

Segundo a diretora institucional do Clube, Rafaela Ribeiro, o Clube só existe porque os participantes acreditam muito e que sem o apoio institucional, todos os esforços para mantê-lo em funcionamento vêm dos participantes e do DARE. “No início o problema era encontrar algum professor para apoiar, mas agora já é a questão burocrática que impede o Clube de ser institucionalizado”, afirma Ribeiro. Além disso, todo o regimento do Clube é feito pelo DARE e são necessárias muitas mudanças de Estatuto, as quais o diretório não possui interesse, para que o Clube possa ser institucionalizado.

Michael Vectorazzi, co-diretor institucional do CSOA, afirma que o Clube é bem conhecido por outras Universidades, mas que dentro da UFU não possui reconhecimento suficiente. Segundo Vectorazzi, as delegações enviadas para simulações fora da UFU foram várias vezes nomeadas como destaque, mas sem o apoio institucional, a verba para essas participações vem dos próprios alunos e limita as atividades do Clube. Os participantes do Clube conseguiram que suas atividades sejam reconhecidas e que contem horas complementares apenas nesse ano.

O estudante de Economia Rafael Diniz, é membro do Clube desde o início de 2017 e declara: “O Clube é uma forma de colocarmos em prática o conhecimento da sala de aula, nas simulações debatemos temas muito relevantes e é uma atividade que a UFU deveria apoiar”. Para Rafael, o Clube precisa alcançar visibilidade dentro da própria Universidade para que possa funcionar em todo seu potencial.

Qualquer estudante da UFU interessado pode fazer parte do Clube. As inscrições abrem no início de cada semestre letivo e ficam abertas por duas semanas. Para se inscrever é preciso preencher um formulário on-line disponível na página do Facebook do CSOA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: