Oportunidades Culturais dentro da UFU

Conheça algumas das opções de envolvimento cultural existentes dentro da universidade

Por Gabriela Bonatto

IMG_9551
Obras de arte feitas por estudantes e expostas no NuCa. Foto: Gabriela Bonatto

Cultura é todo um complexo de conhecimentos, crenças, arte, moral, leis e costumes adquiridos pelo homem como membro de uma determinada sociedade, definição feita pelo antropólogo britânico Edward Burnett Tylor. Ana Cecília Sousa, estudante da UFU e Coordenadora do Cineclube, define cultura da seguinte forma: “Para mim tudo é cultura, tudo está agregando cada vez mais”.

Dentro da universidade existem diversas oportunidades de envolvimento cultural. A Diretoria de Cultura da UFU (DICULT) é a grande responsável por garantir a qualidade dos serviços culturais prestados à comunidade universitária, seus programas e projetos buscam possibilitar o acesso a bens culturais pensando na arte, na educação e no lazer como meios de inclusão social.

Cineclube UFU

O Cineclube UFU foi criado em março de 2016. Idealizado por estudantes da universidade, teve como primeiro Coordenador do projeto Arthur Carvalho, aluno do curso de História da UFU. Atualmente conta com uma equipe de cinco pessoas de diferentes cursos, entre eles a atual Coordenadora Ana Cecília Souza, 19, estudante de filosofia.

Segundo Ana o cineclube funciona de maneira democrática, a seleção de filmes e planejamento de eventos são tarefas conjuntas. Os membros discutem entre si quais filmes vão ser passados, e se deve ou não se estabelecer temas mensais.

O projeto traz filmes de todos os tipos desde os clássicos e cult até os de ação, aventura e desenho. Para a Coordenadora as sessões são momentos extremamente enriquecedores, em cada longa-metragem se tem uma experiência diferente, uma visão, um assunto, um jeito de fazer filme; além disso após a exibição ocorrem  debates e discussões saudáveis relacionadas à obra, segundo Ana “é um momento de unir pessoas de todos os cursos”.

Para os estudantes que desejam se envolver ajudando de maneira mais ativa é muito simples, basta entrar em contato com o Cineclube pela página do Facebook, não existe nenhum tipo de processo seletivo, mas o amor pelo cinema é essencial. Para aqueles que querem participar dos eventos é só acompanhar as postagens do Cineclube UFU no Facebook.

Teatro COMUFU

O COMUFU, projeto de extensão do curso de Teatro da UFU, oferece oficinas de teatro gratuitas tanto para os estudantes da universidade quanto para a comunidade externa, crianças, adolescentes e adultos. Todo semestre o Instituto de Artes da UFU abre inscrições para as oficinas, para se inscrever basta ficar ligado na página do COMUFU no Facebook, onde são postadas as datas de inscrição.

As aulas são ministrados por alunos graduandos do curso de licenciatura em Teatro. Os encontros ocorrem semanalmente durante todo o semestre letivo, e ao final do período todas as turmas apresentam seu trabalho em um evento aberto ao público.

Guilherme Rodrigues, 24 anos, é formado em Teatro pela UFU, e conta que sempre foi apaixonado por todas as áreas das artes, tais como teatro, dança, música e artes visuais. Para ele os teatros contemporâneo e performativo contam com um pouco de cada elemento, misturando todas as áreas artísticas em um único espetáculo. Guilherme relata que “com o COMUFU acabamos tendo mais contato com isso, tanto alunos como também professores”.

Para Guilherme Rodrigues a principal importância do COMUFU é devolver para a comunidade interna e externa aquilo que é investido para a formação de cada um que está dentro do curso superior. É uma forma de transmitir cultura a partir de oficinas de teatro gratuitas e acessíveis. Ele considera a experiência extremamente enriquecedora, tanto para os alunos do curso de teatro que conduzem as oficinas quanto para a comunidade que as recebe.

NuCa

IMG_9640
Exibição da peça Tropicália, Mon Amour ao Ritmo Beckettiano no NuCa. Foto: Gabriela Bonatto

O NuCa (Núcleo Artístico Carolina Maria de Jesus) surgiu de uma ocupação iniciada em 12 de setembro e 2017 no prédio 1W, onde antes funcionava o antigo RU. Cada vez mais pessoas, tanto estudantes da UFU quanto a comunidade externa, começaram a ocupar e construir o museu em conjunto. Com tanta participação o movimento foi ganhando força e tomando forma.

Renata Cardoso Martins, 21, cursa história na UFU e participou da ocupação desde de o início. Ela conta que o diálogo com a reitoria ocorreu desde o primeiro dia, e a institucionalização do projeto do NuCa e da utilização provisória do espaço para um centro cultural veio depois de 1 mês de ocupação, no dia 12 de outubro. Hoje a estudante faz parte da comissão de organização que cuida do museu.

Segundo Renata a universidade deve ser um momento de envolvimento cultural e troca de conhecimentos, “esse é o momento de tocar as pessoas de alguma forma” diz a estudante.

Os eventos do NuCa são gratuitos e qualquer um pode participar. Existe hoje uma programação fixa com aulas de capoeira, dança dos orixás, break e oficina de canto. O Núcleo de Cultura Carolina Maria de Jesus funciona  regularmente de segunda a sexta, das 8hs às 22hs. Para quem deseja participar de maneira mais ativa é só entrar em contato pelo Facebook, e-mail ou mesmo pessoalmente durante o horário de funcionamento do museu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: