Encerramento da Olimpíada Universitária fecha o calendário esportivo da UFU em 2017

O evento, que começou no dia 10 de novembro, reuniu mais de 2.300 atletas e levantou a torcida das 23 atléticas participantes.

Por: Bárbara Fernandes

IMG_9197
Atletas e torcedores enchem Arena Sabiazinho na cerimônia de encerramento da Olimpíada Universitária UFU 2017 – Foto: Bárbara Fernandes

Após um mês de competições, chega ao fim mais uma edição da Olimpíada da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Os jogos tiveram início no dia 10 de novembro e contaram com a adesão das 23 atléticas de todos os campi da Universidade. Segundo o boletim oficial da Divisão de Esporte e Lazer Universitário (Diesu), foram 2388 atletas participantes, sendo 1409 homens e 979 mulheres.

Cláudio Gomes Barbosa, diretor desportivo da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae), destaca que a parceria realizada pela Universidade com outros órgãos públicos, como Polícia Militar, Secretaria de Trânsitos e Transportes (Settran) e Corpo de Bombeiros, foi primordial para o sucesso dessa edição. “Recebemos o apoio de forma inédita destas organizações para garantir a ordem e prevenir problemas no entorno do campus Educação Física. Além disso, tivemos, após três anos, o retorno da realização da abertura e encerramento do evento no Sabiazinho, local que graças a FUTEL (Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer) pôde ser disponibilizado para a UFU”, conta.

Esse é o evento esportivo mais aguardado do ano pelos discentes. Gustavo Braga, estudante de Medicina e presidente da Atlética do curso, conta que participa da Olimpíada da UFU desde 2015 e que o nível da competição só aumenta. “A gente treina o ano inteiro para tentar ter um bom resultado, primeiro para a equipe, depois para o individual”. Braga é atleta da natação e revelou que a disputa foi intensa nessa modalidade. “O pessoal estava muito motivado, tivemos um recorde de atletas na natação, algo que eu nunca tinha visto”. Ao todo, foram 220 inscritos.

Durante o evento, a cobertura foi realizada em tempo real por meio do Arquibancada UFU , projeto desenvolvido por estudantes do curso de Jornalismo da Universidade. Em parceria com a Diretoria de Comunicação Social (Dirco), a Rádio e a TV Universitária, os alunos atualizaram instantaneamente as redes sociais com os resultados dos confrontos e, semanalmente, postavam o “Fique por dentro”, um boletim com as principais notícias do final de semana esportivo.

Além da cobertura oficial, outros estudantes e amantes dos esportes também se juntaram para divulgar as informações da competição. O UFU Sports Center (USC) é um programa que, desde 2015, apresenta os resultados e os principais acontecimentos dos finais de semana da Olimpíada nas redes sociais, sempre com a presença de dois convidados diferentes para representar as atléticas envolvidas. “O objetivo é noticiar os resultados com o máximo possível de bom humor e, através disso, divertir quem está assistindo”, comenta Thalisson Fagundes, apresentador e idealizador do USC.

Uma novidade na edição de 2017 foi a estreia do e-games, os esportes eletrônicos. O jogo escolhido pela organização da Olimpíada foi o FIFA 17, um simulador de partidas de futebol. A disputa aconteceu no Arquibancada Sports Bar. Rafael Baratela, coordenador da modalidade na Atlética da Engenharia e funcionário do bar, conta que achou importante a inserção da categoria. “Os e-games só tendem a crescer cada vez mais, com transmissões na ESPN (canal esportivo da TV fechada) e com tantos campeonatos por aí”, afirma.

RESULTADOS

A disputa foi acirrada entre as equipes participantes, mas quem levantou o troféu de campeã da Olimpíada Universitária da UFU 2017 foi a Atlética da Engenharia, com 473 pontos, seguida da Atlética da Educação Física (353 pontos) e da Atlética da Medicina (253 pontos), no segundo e terceiro lugar, respectivamente. Com a conquista desse ano, a Engenharia contabiliza 18 títulos da competição.

imagem_galeria_dsc_6839
As cinco Atléticas com melhor pontuação receberam troféus como premiação – Foto: Milton Santos

O presidente da Atlética campeã, João Vitor Naresse, conta que nesse ano a equipe esperava o confronto direto com a Atlética Monetária, assim como no ano passado, mas que foram surpreendidos e acabaram disputando o troféu de campeão geral com a Educa, apesar da grande diferença na pontuação. A Monetária terminou a competição em 4º lugar com 235 pontos.

Pela segunda vez na história, a Engenharia é tetracampeã consecutiva. A Atlética venceu a competição, no quesito pontos, uma semana antes do término do evento. “Conseguimos alcançar um esplêndido nível organizacional, o qual vem sendo buscado através dos trabalhos e esforços das quatro últimas gestões”, revela Naresse. A Engenharia também ganhou o título de “Atlética Destaque” da competição.

Jovanna Morais, atual presidente da Atlética da Educação Física, destaca que no quesito contingente de atletas, a Educa era a 5ª maior delegação, mesmo sendo composta por apenas um curso. “Aqui quem é atleta se desdobra para jogar várias modalidades”, comenta. A presidente reconhece os avanços e os erros cometidos, e a importância de finalizar a competição de 2017 como vice-campeões no geral. “A Olimpíada Universitária da UFU talvez seja um dos jogos universitários mais fortes do país e, mesmo assim, ainda estamos no pódio”, finaliza.

 

Classificação geral Olimpíada UFU 2017

Create infographics online charts Infogram
Fonte: Divisão de Esportes e Lazer (Diesu/UFU)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: