INSIGHT | Clube para os amantes da sétima arte

Cineclube UFU exibe e discute filmes semanalmente no campus Santa Mônica

Por: Juliana Evangelista

Se você é apaixonado por filmes, o Cineclube da UFU é uma excelente opção. O projeto surgiu no início deste ano, com sessões que ocorrem toda semana, às 16h, geralmente no bloco 5O do campus Santa Mônica.

Criado pelo estudante de História Arthur Carvalho, o Cineclube tem como principal objetivo unir pessoas que compartilham do mesmo interesse, além de gerar debates acerca dos filmes. A ideia ganhou força, tornou-se projeto de extensão e conta com a colaboração de outros estudantes do curso, orientados pela professora de História Mônica Brincalepe.

A equipe responsável busca consolidar a iniciativa. “Quero poder voltar na UFU daqui uns dez anos e, ainda, assistir uma sessão”, conta Carvalho.

Segundo o estudante de Arquitetura, Lucas Eduardo Bueno, que acompanha as exibições com frequência, o objetivo tem sido cumprido. “O projeto criou uma identidade e um hábito nos participantes. Todo mundo sabe que sexta-feira à tarde é dia de Cineclube. Já não imagino mais a UFU sem ele e creio que só tende a expandir”, afirma.

Uberlândia também possui outro clube de cinema, o Cineclube Cultura, que funciona há 30 anos. O atual coordenador, Paulo Soares Augusto, destaca a importância da iniciativa na universidade, que, por não possuir caráter comercial, possibilita maior liberdade para trabalhar com os filmes. “A discussão gera um pensamento para além da imagem”.

O Cineclube UFU conta ainda com a participação do público na escolha dos filmes, que a cada mês apresenta uma temática diferente. As exibições são gratuitas, abertas ao público e com a emissão de certificados de participação.

Sessão especial

No dia 27 de novembro, às 18h, no bloco 3Q, o Cineclube traz uma sessão especial com participação do professor e historiador Marcelo Lapuente. O documentário ‘Não estávamos ali para fazer amigos’ será exibido na sessão. O filme retrata a inserção do caderno Ilustrada, do jornal Folha de S. Paulo, na transição do governo militar para a democracia durante a década de 1980. O longa relata os anos finais da ditadura militar brasileira (1964-85) mesclada à explosão da cultura urbana manifestada por um inovador conceito de jornalismo cultural impresso nas páginas do caderno Ilustrada entre os anos 1981 e 1986.

Confira o trailer:

Não Estávamos Ali Para Fazer Amigos – Trailler from Plateau Produções on Vimeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: