Comando de greve da UFU se reúne com vice-reitor

Representantes do corpo docente, técnicos-administrativos e discentes estiveram presentes para discussão de pauta ligada ao movimento

Pedro Henrique Silva

Audiência que aconteceu na tarde de ontem (27) no prédio da reitoria da UFU contou com a presença dos três segmentos que aderiram à greve e que também integram o comando do movimento. A demanda apresentada foi um possível posicionamento da reitoria como entidade máxima de administração da universidade em relação aos casos de coibição de alunos e professores que participam da greve por parte de colegas contrários.

Segundo carta apresentada ao vice-reitor Eduardo Nunes Guimarães na reunião, o comando de greve tem recebido queixas referidas a casos de constrangimento de professores e alunos favoráveis ao movimento por parte de seus pares. De acordo com os representantes presentes, diretores administrativos, de institutos e coordenadores de cursos têm usado de sua influência e posição acadêmica para coagir colegas e discentes aderentes a paralisação por meio de e-mails e ataques pessoais.

dsc_0928
Reunião foi iniciada às 15h30 na tarde da última quinta-feria. Na sala, representantes da reitoria e também ADUFU, SINTET e do movimento estudantil que compõem o comando de greve. (Foto: Letícia França)

O movimento esclareceu que não visa um documento por parte da reitoria na perspectiva de construir a greve, e sim um posicionamento que garanta a legitimidade da mesma, assim como democraticamente fez o Conselho Universitário (CONSUN) na reunião do dia 21/10 em que aprovou uma moção de apoio ao movimento. Uma das alternativas apresentadas por Guimarães é a tentativa de um diálogo entre o comando e os indivíduos ligados a esses casos de coibição.

Como órgão administrativo, a reitoria esclareceu não ser possível tomar nenhuma medida por enquanto, a não ser em caso de denúncia formal por parte do próprio grevista. Sobre isso, o vice-reitor ainda reiterou ser contrário à judicialização do processo. Para ele, a abordagem por meio de processos e medidas administrativas disciplinares fortalece uma estrutura problemática. O vice-reitor permaneceu aberto para conversas e sobre o caso ainda não se tem uma decisão divulgada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: